03/04/2008

7 - Av. José Elias Garcia

José Elias Garcia, nasceu em Cacilhas a 31 de Dezembro de 1830 e faleceu em Lisboa em 21 de Junho de 1891. Filho de José Francisco Garcia, chefe das oficinas do Arsenal de Marinha, revolucionário liberal que sempre se batera pela causa constitucional. Elias Garcia foi um dos vultos mais prestigiosos do movimento republicano português, na sua primeira fase. Foi coronel de Engenharia, político, jornalista, presidente de diversas organizações liberais, lente da Escola do Exército, grão-mestre da Maçonaria portuguesa, deputado e presidente da Câmara Municipal de Lisboa em 1871. José Elias Garcia morreu pobre, tendo dedicado toda a sua vida à defesa da Democracia












Nota curiosa é o facto de, embora com algumas interrupções o nome de Elias Garcia cobre artérias que vão desde Sintra até Lisboa.

2 comentários:

Vasco Ferreira disse...

Aqui acertaram.
Já ouvi várias vezes referências à Avenida Elias Garcia em Queluz o que está errado; essa é em Lisboa.
A fotografia está muito boa, mostrando o cruzamento da Mina Velha a que erradamente, e até onde sei por força dos recém-chegados (os dos anos 60) e da Rodoviária, se vai chamando Quatro Caminhos.
Queluz tem, como não poderia deixar de ser um Rossio e um cruzamento dos Quatro Caminhos mas este fica bem longe da Mina Velha.

Vasco Ferreira disse...

Já agora:
Terá sido por iniciativa de Sá Piedade que Mina (velha) foi deitada abaixo e (com cedência dos terrenos pelo Conde de Almeida Araújo) construído o jardim de modo a unificar Queluz evitando, assim, ter de dar a volta pela Ponte Pedrinha (Pontepedrinha) ou pela Ponte de Carenque (Pontecarenque) para ir do lado da Estação para o lado do Palácio.

Nota 1: Em Queluz existe o lugar da Ponte Pedrinha (Pontepedrinha). Arcos Reais é uma recente pastelaria localizada na Pontepedrinha onde funcionava a mercearia de Sr. Fontoura (António do Nascimento Fontoura; um ilustre Quluzense esquecido.

Nota 2: A razão porque o Boletim Informativo da Junta de Freguesia de Queluz se chama "Arcos Reais" (nome de pastelaria) é coisa que me intriga.